Como resolver a improdutividade devido ao calor excessivo?

Sumário

Você tem notado que os níveis de produtividade dos seus funcionários estão caindo? Pois saiba que um dos motivos que pode estar influenciando nessa situação é o calor excessivo.

trabalhador necessitando de conforto térmico devido ao calor excessivo

Mudanças climáticas aumentam o calor excessivo das fábricas

De acordo com um alerta feito pela ONU, o calor excessivo e as mudanças climáticas pelas quais temos passado podem significar perdas de mais de 180 milhões de euros para a economia global até 2030.

E isso está diretamente relacionado ao que chamamos de conforto térmico – que é o equilíbrio do próprio corpo diante de determinadas temperaturas e de condições climáticas, como a umidade do ar e a possibilidade de renovação de ar frequente.

As temperaturas elevadas podem provocar mais stress no corpo humano, obrigando os seus funcionários a reduzirem a intensidade e a velocidade do trabalho e as indústrias a incluírem mais tempos de parada e descanso, além de outras medidas que evitem o cansaço e até mesmo levam a doenças mais graves.

Equipamentos de ventilação que reduzem o calor excessivo

Se você está passando por essa situação na sua companhia, veja alguns sistemas de ventilação industrial que podem lhe ajudar a modificar essa realidade – aumentando a produtividade do seu negócio e oferecendo um ambiente mais agradável aos seus funcionários.

Climatizador de Ar Evaporativo Industrial

climatizador evaporativo funcionamento

O climatizador evaporativo funciona como uma espécie de banho frio após um dia quente, ajudando a reduzir a temperatura do ambiente e ainda a oferecer mais conforto térmico aos funcionários.

Nesse tipo de sistema, o ar externo é capturado e, então, ele passa por uma série de sistemas internos do climatizador, permitindo que o mesmo seja umidificado e que a sua temperatura seja reduzida em até 10ºC. Em seguida o ventilador capta esse ar resfriado e umidificado e o lança para o ambiente interno, forçando uma troca de ar constante.

O excesso de água não evaporada é enviada a um reservatório e, através de uma bomba de água, ela retorna ao distribuidor.

Esse sistema de ventilação industrial possui muitas vantagens, como:

  • possibilidade de umidificação, ventilação e renovação do ar;
  • não utiliza de gases tóxicos ou poluentes;
  • possibilidade de reduzir a temperatura interna de uma indústria em até 12ºC;
  • baixo consumo de energia elétrica;
  • facilidade de instalação;
  • baixo nível de ruído;
  • baixa necessidade de manutenção (e quando for necessário, essa é bem simples);
  • melhora na sensação de bem estar dos funcionários;
  • facilidade de instalação;
  • não necessita fechar o ambiente, como é o caso dos ar condicionados.

Esse é um sistema de ventilação industrial que trabalha 24 horas por dia, durante 7 dias por semana, sem agredir visualmente os funcionários e proporcionando resultados muito benéficos em longo prazo para a saúde e a produtividade dos seus colaboradores.

Insufladores de Ar axiais industriais

insuflador de ar industrial

Esse tipo de sistema de ventilação industrial é instalado nos telhados das indústrias e capta ar fresco e limpo a, cerca de, um metro e meio acima do telhado.

Os insufladores são dotados de motor e hélice que direcionam o fluxo de ar para um duto interior, que o distribui para o difusor e de lá para dentro do ambiente.

Através da pressão positiva, o ar fresco e novo é insuflado para dentro do ambiente, trazendo muitas vantagens como:

  • conforto térmico trazido com a ventilação sensitiva, ou seja, com a distribuição de um ar fresco, limpo e renovado;
  • renovação constante do ar, retirando do ambiente o ar quente e contaminado;
  • diluição do calor e de possíveis contaminantes presentes no ar;
  • possibilidade de adaptação em qualquer tipo de telhado, independente da inclinação;
  • facilidade de implantação, exigindo apenas a troca de uma telha e permitindo correções mesmo após a inserção dos conjuntos, devido a mudanças no layout ou até mesmo a transferência para outras construções.

O insuflador é composto por:

  • Domus: uma espécie de chapéu protetor contra a chuva. Geralmente, ele pode ser pintado de branco com uma tinta especial capaz de refletir os raios solares, melhorando a qualidade do ar captado;
  • Duto superior: é o responsável por deixar a captação de ar distante do ar quente acumulado perto do telhado, o comprimento pode variar de acordo com o projeto, o ambiente e as condições climáticas da área;
  • Motor elétrico: dotado de hélices, é o responsável por direcionar o fluxo de ar, permitindo que esse ar novo seja insuflado para dentro da indústria;
  • Telha base: garante a proteção contra vazamentos e é projetada com o mesmo perfil do telhado onde será instalado o sistema;
  • Duto inferior: rebaixam o fluxo de ventilação para uma altura mais funcional e adequada as características da fábrica;
  • Difusor de ar: é desenvolvido de acordo com as necessidades do projeto e geralmente são providos de aletas reguláveis.

Saída de Ar natural

saída de ar natural

Na maioria das vezes, o problema do calor excessivo nos ambientes industriais acontece justamente porque não existem saídas de ar suficientes, deixando o ar quente preso, aumentando a sensação térmica do ambiente e ainda dificultando a troca de ar, o que pode levar ao acúmulo de poeira e outros materiais contaminantes.

Esse sistema de ventilação industrial é projetado de acordo com as necessidades e com o layout do ambiente fabril, sendo que as aberturas devem ser planejadas e analisadas de maneira criteriosa.

É importante, ao analisar as condições de geração de calor, considerar que o ar aquecido, os gases menos densos e a fumaça tendem a se elevar até o telhado.

Se não existe nenhuma saída de ar, o calor acaba sendo repassado ao ambiente fabril, com um aumento prolongado durante todo o dia de trabalho.

Para evitar essa situação é importante analisar toda a estrutura do prédio e o tipo de produção no ambiente, pensando em aberturas estratégicas que ajudem a melhorar a circulação do ar na indústria.

Algumas vantagens desse sistema de ventilação industrial:

  • retira do ambiente o ar quente, os odores e a fumaça, melhorando as condições de ventilação;
  • indicado para todos os tipos de ambientes que necessitam de ventilação natural, substituindo equipamentos eólicos, oferecendo mais economia e eficiência;
  • possui vida útil superior a 30 anos, além de grande resistência a corrosão, sem necessidade de manutenção;
  • saídas são fabricadas de acordo com as necessidades do ambiente e do ângulo do telhado, impedindo a passagem de chuva, por exemplo, para dentro do galpão;
  • oferece, ainda, iluminação natural com filtragem dos raios ultravioleta, reduzindo o consumo de energia elétrica.

Porém, assim como os insufladores, esse método não consegue reduzir a temperatura do ambiente, apenas melhorar a sensação térmica.

Como você pode notar, existem muitos sistemas de ventilação industrial que podem lhe ajudar a reduzir o calor no ambiente da sua fábrica e melhorar os seus níveis de produtividade.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp