Destaques sobre a NR 15 que você precisa conhecer

Sumário

As atividades industriais exigem atualização constante quanto às tecnologias para otimizar os processos, porém, é preciso se informar também sobre a legislação vigente para executar os processos da forma correta. Um dos aspectos mais importantes referentes à legislação se refere à Segurança e à Medicina do Trabalho.

No artigo de hoje destacamos os pontos principais da Norma Regulamentadora no 15 (NR-15), sobre atividades e operações insalubres, que você precisa conhecer.

destaques da nr 15
Foto de Anamul Rezwan no Pexels

Sobre a NR 15

Aprovada em 1978, a NR 15 trata da insalubridade no ambiente de trabalho. Além de definir os conceitos de “limite de tolerância” e o valor do adicional pago ao empregado que trabalha em ambientes com diferentes níveis de insalubridade, estabelece os limites aos agentes que fazem mal à saúde da equipe.

Limite de tolerância: definido pela NR como “a concentração ou intensidade máxima ou mínima, relacionada com a natureza e o tempo de exposição ao agente, que não causará dano à saúde do trabalhador, durante a sua vida laboral”.

Entre os agentes considerados insalubres, quando estão acima do limite de tolerância, estão:

  • Exposição ao calor
  • Agentes químicos
  • Poeiras minerais

Além de impactar na saúde da equipe, ao serem considerados insalubres, tais itens geram problemas relacionados à segurança do trabalho e oneram a empresa financeiramente, tanto por conta do pagamento do adicional por insalubridade, quanto pela rotatividade dos funcionários e pela queda no nível de produtividade.

Neste artigo destacamos a exposição ao calor e às partículas.

Exposição ao calor em ambiente de trabalho

É válido lembrar que ambientes com máquinas que geram calor e atividades consideradas pesadas exigem esforços ainda maiores para proporcionar conforto térmico no local. Este é o caso de indústrias com fundição e caldeiras, por exemplo.

Exposição a poeira, gases e partículas contaminantes

Em excesso, a presença de monóxido ou dióxido de carbono, metano, óleo e material particulado nas indústrias prejudica seriamente a saúde dos colaboradores. Por esse motivo, o ideal é investir em métodos que provoquem sua dispersão ou eliminação do ambiente industrial, a fim de evitar que as pessoas inspirem uma alta concentração desses materiais no local de trabalho.

Ventilação industrial: como conseguir bons resultados e estar de acordo com NR 15

Investir em sistemas de ventilação industrial não é fundamental apenas para adequar a indústria às exigências da NR-15, mas também para manter a saúde e a produtividade da equipe. Com o projeto e os equipamentos certos, é possível tornar a indústria mais eficiente, já que sistemas compostos por exaustores, saídas de ar natural e insufladores, por exemplo, promovem a troca do ar insalubre pelo ar externo constantemente.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp