Quanto frio um humano aguenta?

Sumário

Já saiu no frio e a sua mão ficou tão gelada que as pontas dos seus dedos ficaram roxos? Sabe porque isso acontece? Quer saber até qual temperatura o nosso corpo aguenta?

Nesse artigo iremos abordar como o corpo humano reage ao frio e qual a mínima temperatura que o nosso corpo aguenta.

Primeiro vamos analisar como o organismo reage ao frio. Vamos lá!

Quanto frio um humano aguenta

Como nosso corpo reage ao frio?

O médico inglês Charles Blagden quis encontrar uma resposta para a temperatura suportada por nós seres humanos. Ele entrou em um cômodo aquecido a 105°C e ficou lá por 15 minutos.

Hoje não precisamos fazer esse tipo de teste para saber como o nosso corpo reage ao frio ou ao calor.

Quando somos expostos a baixas temperaturas o nosso corpo começa a conservar o calor e a concentrá-los em órgãos importantes.

Com isso os vasos sanguíneos da pele se contraem, desviando o sangue aquecido da superfície para o interior do corpo, por isso que a pele fica pálida.

Nesse ponto é comum as pontas dos nossos dedos começarem a ficar roxas e doloridas por causa da falta de sangue.

Os efeitos do frio variam de pessoa para pessoa de acordo com o tamanho, formato do corpo e a quantidade de roupas que você estiver usando.

O nosso organismo tem dificuldade de se adaptar a temperaturas muito baixas e quando essas temperaturas chegam a marcar menos de 20 graus negativos, você precisa ficar alerta.

Os efeitos do frio 

Os nossos dedos, nariz, orelhas e bochechas são partes vulneráveis e são as primeiras a apresentar vasoconstrição e a perda de sangue quando expostas ao frio.

Uma das coisas que poucas pessoas sabem é que o congelamento pode acontecer quase que instantaneamente quando a pele entra em contato com metais em temperaturas baixas. 

A temperatura do nosso corpo no dia a dia é de 36°C a 37°C. Qualquer número menor que esses representa uma hipotermia.

Quando o corpo atinge 35°C você começa a sentir desconfortos causados pelo frio. Quando a temperatura baixou para 32°C a fisiologia explica que a pessoa começa a apresentar amnésia. E você pode começar a ter a sensação de queimadura em vez de congelamento.

Com a temperatura de 28 e 30°C, acontece a perda de consciência. E se a temperatura chegar a 23°C chegar nos órgãos internos, isso é fatal para eles.

Além desses sintomas também você sente dormência nos membros, pouca energia, dificuldade em respirar, pulsação lenta, inchaço na face, perda de controle da bexiga.

Em estágios mais avançados você pode ter perda de memória, perda de controle dos membros superiores e inferiores, perda dos sentidos, perda da pulsação e pupilas dilatadas.

E o que acontece naturalmente com o nosso corpo é ele começar a tremer porque isso ajuda a produzir calor internamente.

O que fazer para não congelar?

Você sabe o que é frostbite? Se refere ao congelamento do tecido do corpo, geralmente da pele. Isso ocorre quando os vasos sanguíneos se contraem, reduzindo o fluxo de sangue e oxigênio para as partes do corpo afetadas pelo frio.

A causa disso é pela exposição prolongada ao frio, especialmente se tiver ventos frios. E embora as crianças e idosos estejam mais suscetíveis a ter isso, a maioria dos casos ocorre em adultos de 30 e 49 anos.

Para evitar isso é importante que em lugares muito frios use dois pares de meias, se puder com uma camada interna feita de fibras sintéticas e camada de lã externa. 

Além disso, os sapatos devem ser à prova de água e é importante que cubra a cabeça, rosto, nariz e ouvidos. 

Usar muitas roupas por baixo e principalmente roupa folgada para evitar a diminuição do fluxo sanguíneo para os braços e pernas.

Se você mora em um local frio ou você vai viajar e passear em um local com baixas temperaturas, é importante que você esteja preparado para enfrentar fortes ventos e temperaturas baixas.

Gostou do conteúdo? Deixe o seu comentário aqui e diga o que achou.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp