Temperatura externa ideal para o corpo humano

Sumário

A sua temperatura externa pode variar de acordo com o que você faz no seu dia a dia. Mas qual é a temperatura ideal? 

Nesse artigo vamos analisar qual a temperatura externa ideal para o corpo humano, como medir a temperatura e a diferença entre hipertermia e hipotermia. 

Primeiro vamos ver a temperatura externa ideal para os humanos.

temperatura externa ideal para corpo humano

Temperatura ideal 

Alguns fatores podem interferir na variação da temperatura do corpo humano, como por exemplo alguns alimentos, horário do dia, atividade física e até mesmo o ciclo menstrual. 

Mas mesmo com essas pequenas variações o corpo humano consegue manter a sua temperatura, independente da temperatura do ambiente, isso acontece graças ao centro nervoso regulador no hipotálamo. 

Mas se essa variação for extrema isso pode desregular a temperatura do corpo e causar a elevação ou diminuição da temperatura. 

A Associação Médica Americana fez uma pesquisa e percebeu que a temperatura do corpo humano pode variar entre 36,5°C a 37,2°C. 

Quando a temperatura é acima de 37,8° C já é considerado febre ou hipertermia. Você pode sentir sintomas como: calafrios, transpiração e mal-estar. Se a temperatura  chegar  a 39°, pode causar confusão mental e delírio. 

E se a temperatura chegar a 40°, pode provocar convulsões e nesses casos é necessário procurar um médico. 

Como medir a temperatura? 

Podemos medir a temperatura do corpo humano nas axilas, na boca, no reto. E usamos o termômetro. 

Diferenças entre hipertermia e hipotermia 

O corpo humano pode chegar a dois extremos, hipertermia e hipotermia. No caso da hipertermia, a temperatura aumenta, os vasos sanguíneos se dilatam fazendo o fluxo sanguíneo aumentar. 

O calor é levado à superfície da pele, provocando suor, porque o corpo fica tentando equilibrar a temperatura. 

Agora no caso da hipotermia, os vasos sanguíneos se contraem fazendo o fluxo de sangue da pele ficar bem reduzido, na tentativa de conservar o calor.  

Quando a pessoa está com hipotermia, as funções do organismo ficam bem prejudicadas. Você pode sentir pés e mãos frios, dormência nos membros e pouca energia. 

E o corpo naturalmente para gerar mais calor tem reação como arrepios e tremores, elevando assim a temperatura do corpo. 

O nosso corpo não suporta uma grande variação de temperatura. Se o nosso corpo internamente atinge uma temperatura de 42°, as proteínas presentes no organismo começam a ferver, e o nosso corpo entra em choque total. 

Mas, se a temperatura interna chegar a 20°, há risco de acontecer uma parada cardíaca. Em qualquer um desses casos, se começar a sentir um desses sintomas, é importante ir ao médico, senão pode levar à morte. 

Mudanças na temperatura 

As mudanças de temperatura podem se dar por alguma doença infecciosa, gripe, resfriado ou uso de antitérmico. 

O uso de alguns medicamentos podem causar mudança na temperatura. Antibióticos, narcóticos e barbitúricos, antihistamínicos. 

Outras coisas como ataque cardíaco, AVC, insolação ou queimaduras podem alterar a temperatura do nosso corpo. 

O ideal, como podemos observar, é manter a temperatura do corpo entre 36° e 37° graus. E tomar todos os cuidados caso diminua ou aumente a temperatura. 

E se você estiver com muito frio e tiver condições de ingerir bebidas ou comidas que podem aquecer o corpo, faria bem em fazer. 

Dentro das indústrias, a preocupação com os colaboradores é dobrada. Contar com sistema de ventilação industrial que proporcione conforto térmico é fundamental e exigida por lei, por isso, procure sempre especialistas no assunto para tratar da qualidade do ar do ambiente. 

O que achou do conteúdo? Algo te surpreendeu? Conte pra gente nos comentários. 

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp